assessoria
Endereço:
Av. Paulista 1313, 9º andar, Cj. 913
São Paulo - SP, Brasil, CEP 01311-923
Tel: 55 (11) 3251-2744
Fax: 55 (11) 3251-2558

BRASÍLIA -  Uma das ações do projeto Lux Export, parceria da Abilux com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) será um projeto imagem durante a Expolux, com o objetivo de promover as marcas brasileiras em alguns mercados-alvo do projeto. Assim, foram convidados para fazer a cobertura da feira e visitar indústrias do setor jornalistas do Panamá (jornal La Prensa), do Peru (jornal Géstion) e da República Dominicana (jornal Listin Diario).
 
De acordo com o presidente da Abilux, a indústria brasileira de iluminação não é “exportadora por excelência”. As vendas para o mercado externo foram durante muito tempo resultado do espírito empreendedor de algumas empresas. E foi com o objetivo de fomentar mudar este cenário e fomentar as exportações dos produtos fabricados pelas associadas que a Abilux, em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), criou o Lux Export, programa de exportação que investirá aproximadamente R$ 3,7 milhões nos próximos dois anos em ações promocionais no exterior e de auxílio às empresas na formação, adequação e qualificação dos seus produtos.
 
Considerando os produtos de iluminação acabados, partes e alguns componentes (exceto lâmpadas), em 2011, foram exportados US$ 30,789,346.00. Em 2010 as exportações foram da ordem de US$ 26,301,243.00 e em 2009, de US$ 22,738,780.00. (fonte: Aliceweb/MDIC)
A expectativa para 2012 é de que as exportações cresçam 14,50%.
Estudos recentes realizados pela Abilux e pela Apex-Brasil em quarenta (40) diferentes mercados/países apontaram nove como os que estão entre os melhores e mais atrativos mercados para os produtos brasileiros do setor de iluminação. Dentre eles estão: Angola, Chile, Peru, Colômbia, Panamá, República Dominicana e Caribe.
O Lux Export é de fundamental importância para ampliar a participação dos produtos brasileiros no mercado externo. Através dele é possível inserir as empresas associadas em programas que visam o aumento da competitividade e a adequação às exigências de normas técnicas internacionais, expandir e consolidar a capacidade exportadora das que já exportam e ampliar a participação das pequenas e médias neste processo.
 
 Para atender às necessidades do mercado externo, as indústrias do setor estão apostando cada vez mais na qualificação e contratação de mão de obra qualificada e na compra de equipamentos mais modernos para aumentar a capacidade e a qualidade da produção. As demandas criadas pelo constante surgimento de novas tecnologias e por um consumidor cada vez mais exigente por produtos que unam baixo consumo de energia e design precisam ser atendidas prontamente.
Integram o programa LUX EXPORT dezessete empresas: Altena, Blumenox, Bonin, Comlux, Femarte, Guarilux, Ilumatic, Itaim, Light Group; Lustres Projeto, Madelustre, Munclair, Naville, Ornare, Parislux, Trópico e VR Lux.
 
NCM Descrição dos Principais Produtos Exportados:
94051091 Lustres e aparelhos elétricos de iluminação para teto ou parede, de pedra.
94051092 Lustres e aparelhos elétricos de iluminação para teto ou parede, de vidro.
94051093 Lustres e aparelhos elétricos de iluminação para teto ou parede, de metais comuns.
94051099 Lustres e aparelhos elétricos de iluminação para teto ou parede, de outros materiais.
94052000 Abajures (candeeiros) elétricos de cabeceira, de escritório e lampadários de interior.
94054010 Outros aparelhos elétricos de iluminação, de metais comuns.
94054090 Outros aparelhos elétricos de iluminação, de outros materiais.
94059100 Partes de aparelhos elétricos de iluminação, de vidro.
94059200 Partes de aparelhos elétricos de iluminação, de plástico.
94059900 Partes de aparelhos elétricos de iluminação, de outras matérias.
85041000 Reatores (balastros) para lâmpadas ou tubos de descarga.
 
Fonte: Abilux/Apex-Brasil